O Portal Jack Comunica não se responsabiliza pelos conteúdos publicados pelos nossos colunistas.

Economia

Rafael Figueiredo, CEO da pajé amortecedores, fala do aumento na procura por amortecedores e ecológicos

Foto divulgação

Muito mais do que dar conforto, os amortecedores têm por objetivo manter o contato dos pneus com o solo, distribuindo o peso do carro em movimento, das as situações de rodagem, como retas, curvas, pisos irregulares, frenagens, acelerações, ou a conjunção destes fatores, permitindo que o motorista tenha o controle sobre o veículo. E por se tratar de uma peça tão importante, por que não torná-la reutilizável, reciclável e ecológica, com menor custo e maior garantia?

Assim foi criada, em 1998, Pajé Amortecedores, cujo nome é uma homenagem ao pai de seu CEO,  Rafael Levy Lopes Figueiredo, empresário do ramo de auto center há 22 anos, por ser descendente de índios e ter ganho esse apelido por suas características físicas. 
O conceito de amortecedores remanufaturados teve início em 1998, com o objetivo de oferecer  menor custo de manutenção para o consumidor. Com o tempo, a forma de recuperação foi sendo aperfeiçoada, trazendo o conceito ecológico Pajé Amortecedores,traduzindo a preocupação com o meio ambiente. A partir desse momento, além da qualidade infinitamente superior dos amortecedores remanufaturados, com  garantia de 2 anos, a Pajé Amortecedores apostou na sustentabilidade. Todo o óleo lubrificante, usado ou contaminado, passou a ser recolhido, coletado e com destino final, de modo a não afetar negativamente o meio ambiente, e permitir sua máxima  recuperação, na forma prevista nesta Resolução CONAMA 362/2005. As carcaças já eram reaproveitadas, não havendo assim o descarte na natureza.
A prática de “reduzir”, “reutilizar” e “reciclar” contribui para a sustentabilidade global. Ao remanufaturar as peças usadas, a Pajé Amortecedores está colaborando para diminuir a extração de aço e alumínio e uso de energia, por exemplo, enquanto aumenta o ciclo de vida útil do produto com a mesma eficiência de fabricação de um item novo. Além disso, o remanufaturado é também uma forma mais barata e confiável para a manutenção do veículo, podendo gerar uma economia de até 40% para o usuário. Portanto, ao realizar a manutenção do veículo, é recomendável que o usuário, reparador ou mecânico não descarte simplesmente a peça usada no meio ambiente. A Pajé faz o  recolhimento de peças usadas, para que sejam reconstituídas através da remanufatura e devolvidas ao mercado como um produto novo, com registro de procedência e garantia de fábrica.

Devido ao aumento no número de pedidos pelo produto remanufaturado, surgiu então a loja Pajé Amortecedores, a primeira como Auto Center, na cidade de Duque de Caxias. Em seguida, no município do Rio de Janeiro, foi aberta uma unidade no bairro de Pilares, sendo posteriormente transferida  para Quintino. Alguns anos depois houve a necessidade de mais espaço, pois o aumento na procura pelo amortecedor remanufaturado e ecológico da Pajé criou filas em Quintino. Veio, então, a unidade de Cascadura. Em 2018, com o objetivo de ampliar seu mercado e fidelizar seus clientes, cobrindo maior número de bairros, a Pajé abriu mais duas lojas, sendo uma no Estacionamento da Leroy Merlin – Sam’s Club / Wallmart, e outra no Leblon, na Avenida Bartolomeu Mitre. Em 2019, veio a sexta loja da rede, em Niterói.


A Pajé Amortecedores quer ampliar seu mercado de atuação, apostando em ser tornar referência de mercado tanto no processo de remanufatura em sua fábrica, com o melhor processo de retífica e garantia de segurança, de qualidade e de sustentabilidade, quanto no modelo de atendimento em suas lojas.  Também estão em seus planos a abertura de franquias, futuramente . Segundo uma pesquisa realizada pela Market Study Report, a tendência de crescimento do mercado de amortecedores gira em torno de 5,34% até 2022. 

Central de Atendimento WhatsApp +55 21 96468-6426
Instagram: @pajeamortecedores_oficial

Tags

Jacson Gonçalves

Tenho 25 anos sou natural de Salvador, Bahia. Sou cadeirante, jornalista, Blogueiro e Digital influencer. Ser jornalista é também contribuir com o exercício da profissão e ter na veia a responsabilidade social de levar informação e entretenimento.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios