O Portal Jack Comunica não se responsabiliza pelos conteúdos publicados pelos nossos colunistas.

O Portal Jack Comunica não se responsabiliza pelos conteúdos publicados pelos nossos colunistas.

Praticar atividade física com amigos estimula o exercício, diz especialista

Manter a disciplina é, sem dúvida, a parte mais difícil para quem assume uma rotina de exercícios físicos. Mas como tornar a prática de atividade física mais divertida, prazerosa e com resultados positivos? Especialistas da área afirmam que ter companhia durante a realização de exercícios pode ser muito motivador e benéfico, desde que alguns cuidados sejam tomados. “Quando você treina sozinho, é muito mais fácil cair na monotonia e terminar por realizar sempre a mesma rotina de exercícios. Ao treinar com uma companhia, há mais oportunidades de ser desafiado e desafiar o colega de treino. Consequentemente, são menores as chances de não progredir ou de ficar desmotivado”, explica Danillo Santana, Coordenador Geral da Rede Alpha Fitness.

Mesmo que treinar na companhia de outra pessoa não seja algo que todo mundo gosta de fazer, muita gente prefere sair para correr ou ir para a academia acompanhada, porque alega que sozinha não tem um rendimento tão bom ou, ainda, o apoio necessário para ir até o fim do exercício em questão. Para Danillo, alunos que treinam em companhia de amigos tendem a encontrar maior motivação e a se engajarem mais ao malhar, trazendo melhores resultados. “A presença de um amigo serve de apoio para quem quer se manter fiel aos seus objetivos. Além disso, eles podem se ajudar acompanhando a evolução de cada um nos treinos e compartilhando as dificuldades encontradas em cada série realizada. Ou até mesmo usarem juntos os equipamentos, com um treinando no descanso do outro”, comenta. O especialista acrescenta que a prática conjunta de exercícios requer alguns cuidados. Para que ambos obtenham resultados positivos, o ideal é que os amigos de treino tenham objetivos semelhantes e estejam concentrados na prática. É importante também deixar a conversa para outro momento. “As conversas não devem ser exageradas, já que isso pode aumentar o volume dos intervalos entre os exercícios, gerando uma queda no rendimento”, explica o especialista, da Rede Alpha Fitness. Outro ponto importante é seguir sempre as recomendações e as prescrições de exercícios de um profissional da área. “Não aceite de forma alguma que seu amigo passe orientações técnicas. Por mais experiência que ele possa ter, não é uma pessoa com habilitação para exercer esse tipo de orientação”, finaliza.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.