Volte ao topo

Matrizes do Forró: Daniel Almeida participa de entrega do título de patrimônio cultural imaterial nacional concedido pelo Iphan

Entre os dias 13 e 18 de dezembro, a cidade de João Pessoa, na Paraíba, sediará o IV Encontro Nacional de Forrozeiros e o III Fórum Nacional do Forró de Raiz. Os eventos que reúnem artistas, pesquisadores e membros convidados das comunidades Forrozeiras de todo o país serão palco para a entrega do título Forró Patrimônio Imaterial do Brasil pelo Iphan. O deputado Daniel Almeida, defensor das Matrizes do Forró em âmbito nacional, que através do mandato encaminhou emenda parlamentar para o processo de reconhecimento do bem imaterial cultural comenta sobre a conquista.

"É uma honra ter contribuído e estar presente nesse ato que confirma a importância dessa expressão cultural rica, forte e importante para o Brasil. Sempre defendi que as Matrizes fossem incluídas no livro de registro de bens imateriais do povo como patrimônio cultural imaterial do Brasil para salvaguardar esse bem", falou o parlamentar que cobrou, do Governo Federal, o auxílio para trabalhadores no forró no período da pandemia onde, por dois anos seguidos, não houve os festejos juninos, período de maior rentabilidade para profissionais da área.

O parlamentar baiano também lembra que foram 10 anos de pesquisa e estudo para que a entrega oficial da Instrução Técnica o Registro do Forró como Patrimônio Cultural Imaterial Nacional junto ao IPHAN fosse concluída. “Foram realizados fóruns virtuais de forró raiz nos estados da Bahia, Rio Grande do Norte, Piauí, Maranhão e Ceará. A Associação Cultural Balaio Nordeste, foi uma grande parceira e responsável por elaborar ações para promover o legado histórico da tradição cultural nordestina. O registro chega para fortalecer e potencializar as cadeias produtivas e informais criadas em torno do forró, como a indumentária, a gastronomia e o artesanato”, disse Daniel.

Os encontros na Paraíba também realizarão debates sobre os principais temas de interesse das comunidades forrozeiras e discutirá políticas públicas para promoção e valorização do Forró tradicional com participantes dos estados nordestinos, além de artistas e produtores de outras regiões do Brasil e países internacionais, promovendo um grande intercâmbio entre entusiastas do Forró espalhados pelo mundo.

Share:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Recentes

Usaflex Pés a mostra

Tendência em 2021, o estilo comfy, que une a moda ao conforto, continua em alta este ano. Tanto que a Coleção Verão 2022 da Usaflex,