O Portal Jack Comunica não se responsabiliza pelos conteúdos publicados pelos nossos colunistas.

O Portal Jack Comunica não se responsabiliza pelos conteúdos publicados pelos nossos colunistas.

Impactos Econômicos devido ao Covid 19

Coronavirus Covid-19 cell. Covid, covid19 pandemic. 3D illustration

A pandemia do coronavírus trouxe ao Brasil e ao Mundo a dimensão de uma grande catástrofe social. Muitas pessoas perderam a vida, outras tantas apresentam as sequelas de uma morosa recuperação, e muitos perderam o emprego e o poder de compra, elevando o número de pessoas na condição de extrema pobreza.

A pandemia causada pelo Covid-19 tem deixado cicatrizes profundas na história da humanidade, em nenhuma das crises sanitárias de nosso século, o número de mortes foi dessa proporção, ou exigiu do governo a injeção de recursos financeiros em grande escala com objetivo de minimizar os impactos econômicos e imunização em massa.

Os setores mais afetados

Os setores mais afetados foram o de serviços e de comércio, devido às políticas de isolamento social para diminuir o número de contaminados pela doença. As perdas no faturamento do comércio resultaram na diminuição de 1,7 milhão de postos de trabalhos em 2020. O setor de serviços também teve seus impactos, a queda nos rendimentos familiares e a implantação da modalidade de trabalho home office já fazem parte do novo normal no mundo corporativo, no setor de serviços também teve suas exceções como nos segmentos imobiliário e financeiro no qual apresentaram crescimento.

Os impactos no mercado de trabalho 

Com base nos dados do trimestre móvel encerrado em março de 2021 da Pnad Contínua, apresenta que o Brasil possuía 14,8 milhões de pessoas desempregadas, 33,9 milhões de trabalhadores informais e 6 milhões de desalentados, isto é, aqueles que desistiram de buscar uma vaga no mercado de trabalho, deixando, portanto, de ser considerados na contagem de desempregados. 

Os trabalhadores mais afetados, são aqueles com menor grau de instrução que atuam em subempregos ou trabalho informal. A Crise e as brechas das leis trabalhistas, favoreceram a adoção do regime de trabalho adaptável, uma modalidade na qual o colaborador trabalha apenas algumas horas por semana, o que não apenas reduz a jornada mensal de trabalho, mas também a perda de renda devido a diminuição do tempo trabalhado.

A pandemia deixou um legado devastador para a população economicamente mais vulnerável, assalariada ou que atuavam na informalidade, na qual a representatividade de pessoas de pele negra é expressiva. Desta forma, esse perfil populacional, foi muito afetado, pela perda do poder de compra e o preconceito social que infelizmente ainda existe devido a cor da pele.

Como será o processo de recuperação econômica pós-pandemia? 

As incertezas quanto ao processo de recuperação da economia brasileira são elevadas, considerando o agravamento da crise sanitária (novas variantes); em um ambiente de elevada incerteza, as ações mais eficientes são aquelas associadas à luta pela vida das pessoas e a solidariedade. Não adianta retomar as taxas de crescimento econômico; é necessário reorganizar toda cadeia e ecossistema produtivo e o mercado de trabalho.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.