O Portal Jack Comunica não se responsabiliza pelos conteúdos publicados pelos nossos colunistas.

Bahia

Governo baiano firma parceria com Sebrae e amplia serviços de atendimento a empreendedores

Fotos: Divulgação

A partir de agora, em um único espaço, os empresários  de pequenos negócios baianos poderão contar com uma cartela de serviços e soluções práticas para seus negócios, na capital e mais 18 cidades do interior, inicialmente. O convênio que permite a ampliação dos serviços do antigo SAC Empresarial, agora “Serviço de Atendimento ao Empreendedor”, foi assinado entre o Governo do Estado e o Sebrae, nesta sexta-feira (28). O novo ambiente multifunções também vai contar com serviços da Juceb, Ibametro e Desenbahia e funcionará dentro do SAC Cidadão.

O esforço conjunto para ofertar serviço especializado de orientação e apoio técnico aos Microempreendedores Individuais (MEI) e aos empresários de micro e pequenas empresas (MPE), teve de um lado o executivo estadual, com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), responsável pelo Serviço de Atendimento ao Empreendedor e suas autarquias Juceb e Ibametro, a Secretaria de Administração (Saeb), com o SAC Cidadão, a Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) e a Desenbahia. E, do outro lado, o Sebrae Bahia e nacional.

“Nosso objetivo é chegar aos 417 municípios da Bahia. Sabemos que é difícil, mas essa força tarefa já está batalhando e logo mais teremos expansão. Temos conseguido promover a interiorização dos investimos e essas novas unidades do Serviço de Atendimento ao Empreendedor vão facilitar a formação de uma mentalidade empreendedora nas pessoas do interior baiano. Estamos marcando hoje um gol de placa”, comemora o vice-governador João Leão, secretário do Planejamento e idealizador do serviço.

“Estamos atentos às necessidades dos empresários neste momento de pandemia. Por isso, ações como essas são tão estratégicas. O Sebrae está atuando de forma permanente para apoiar os empresários que precisam de orientação e precisam ser assertivos para se manter no mercado. Chamo atenção a dois aspectos: a necessidade do digital e da inovação. Além disso, estamos atuando constantemente no acesso a crédito”, afirma o diretor presidente do Sebrae, Carlos Melles.

Já Nelson Leal, titular da SDE, reforça que o apoio técnico do Governo do Estado para desburocratizar a implantação de empresas é o caminho ideal para impulsionar a geração de novos empreendimentos: “Demos um importante passo para facilitar a abertura de novas empresas no nosso estado, principalmente no interior que tem carência de atendimento ao microempreendedor. Com as parcerias firmadas hoje, com todas as entidades presentes, vamos facilitar o acesso a microcréditos e serviços essenciais para quem empreende”.

O superintendente do Sebrae Bahia, Jorge Khoury, destaca a ampliação da parceria com o Governo do Estado para levar serviços e orientações a mais empreendedores baianos. “Essa iniciativa busca facilitar a vida do empreendedor, concentrando tudo o que ele precisa em um único espaço. Da parte do Sebrae, vamos compartilhar nossa expertise com servidores das unidades do SAC Empresarial, para que os empreendedores tenham acesso às informações necessárias para iniciar um negócio próprio, desde aspectos burocráticos a temas ligados à gestão. A parceria é mais um passo também para a melhoria do ambiente de negócios nos municípios”, frisa Khoury.

O presidente da Fecomércio-BA e do Conselho Deliberativo do Sebrae Bahia, Carlos de Souza Andrade, também comemora a parceria celebrada com o Governo do Estado. “Essa é uma iniciativa de grande importância, pois sabemos que quem vai reconstruir esse país é a micro, pequena e media empresa e, sobretudo, o MEI”.

“Neste primeiro momento, 18 municípios serão contemplados e essa expansão dos serviços trará grandes impactos na geração de renda nestas regiões. As unidades contarão ainda com os serviços da Juceb, Desenbahia e Ibametro”, explica o secretário Edelvino Góes (Saeb). 

Já o titular da Setre, Davidson Magalhães, diz que a expectativa é conseguir ampliar a disponibilização da linha de crédito aos microempreendedores por meio do CrediBahia, que com esse aporte de mais R$ 50 milhões, vai disponibilizar R$ 100 milhões, fazendo movimentar a economia local, gerando trabalho e renda.

Municípios contemplados

Inicialmente serão implantados postos do Serviço de Atendimento ao Empreendedor nos municípios de Alagoinhas, Feira de Santana, Guanambi Ilhéus, Irecê, Itabuna, Jacobina, Jequié, Juazeiro, Paulo Afonso, Porto Seguro, Santo Antônio de Jesus, Senhor do Bonfim, Teixeira de Freitas, Valença, Vitória da Conquista, Itapetinga e Itaberaba.

Tags

Jacson Gonçalves

Tenho 25 anos sou natural de Salvador, Bahia. Sou cadeirante, jornalista, Blogueiro e Digital influencer. Ser jornalista é também contribuir com o exercício da profissão e ter na veia a responsabilidade social de levar informação e entretenimento.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios