O Portal Jack Comunica não se responsabiliza pelos conteúdos publicados pelos nossos colunistas.

Mundo

Filme baiano é vencedor de festival internacional de cinema

Somente três produções brasileiras disputaram a grande final, cujos vencedores foram anunciados nesta sexta-feira (19)

O curta-metragem Epifania, produzido e filmado por ex-alunos do Colégio Liceu Salesiano do Salvador, foi premiado na categoria “curtas-metragens de até 1 min, nesta sexta-feira, 19/11, em cerimônia realizada na cidade de Turim, na Itália, transmitida ao vivo para mais de 134 países ao redor do mundo simultaneamente. Apenas outros dois vídeos brasileiros concorreram a grande final do Festival Global de Cinema Juvenil Dom Bosco, entre 110 selecionados no mundo.

O curta baiano, que teve acompanhamento do Supervisor de Projetos do colégio, Gustavo Nery, aborda, entre outras temáticas, o poder da fé capaz de provocar em uma jovem (Paloma) não apenas memórias saudosistas, mas sentimentos que a levam para o futuro. A intensidade do seu amor pelos amigos (Stephanie e João Victor) e sua devoção pela esperança transportam a personagem para o tempo de todos aqueles que creem, um tempo sem pandemia e de muitos abraços.

Embarcados no navio da esperança, abastecido de juventude e Espírito, as personagens apontam, como faróis, os santos caminhos para um novo tempo. A aventura cinematográfica é uma celebração, uma festa em comunidade, dos Jovens Ex-Alunos (JEX) de Dom Bosco do Colégio Salesiano do Salvador. O grupo busca iluminar como os vínculos de fraternidade, a alegria e a crença do divino tem potência para levar os jovens e seus sonhos para o lugar do real, do possível.

“Estamos muito felizes com essa premiação, é uma honra representar nossa escola em um evento de tamanha proporção. Dom Bosco, em sua vida, procurou se aproximar e evangelizar desde muito jovem através das artes. Dessa forma, ele sempre levava boas mensagens. Agora, quando o festival nos convida a estimular que os jovens expressem as suas visões sobre um mundo pós-pandêmico, com mensagens de esperança, indicando caminhos, é a mais pura expressão de salesianidade”, afirma o supervisor de projetos do Salesiano, Gustavo Nery.

Segundo Nery, a equipe selecionada está se sentindo participando de um grande pátio mundial de carisma, de salesianidade e de esperança. “Nosso desejo é que todos os vídeos sejam assistidos, sejam motivo de inspiração e que o festival seja uma marca de transformação dos corações de todas as pessoas do mundo, em especial da juventude”, comenta.

Para o diretor de arte e fotografia do filme, Gabriel Cerqueira, participar do festival teve um sabor especial. “Me senti voltando para casa, para o lugar que me moldou um ser humano melhor para sociedade em que vivemos. Fico muito feliz por fazer parte de mais um capítulo na história dos Salesianos do Brasil, em especial da nossa terra, o Nordeste”, relatou.

Categorias e júri

O Festival Global de Cinema Juvenil Dom Bosco recebeu três tipos de produção: curtas-metragens live-action, curtas de animação e vídeos musicais. Os curtas-metragens se dividem em filmes de 01-10 minutos ou em animações de 01-05 minutos. A categoria em vídeos musicais recebeu materiais de até 05 minutos de duração. O júri preliminar foi formado por mais de 400 entusiastas de cinema, cineastas e experts; enquanto o grande júri é composto por 15 especialistas de renome no mundo do cinema e no mundo juvenil.

Tags

Jacson Gonçalves

Tenho 25 anos sou natural de Salvador, Bahia. Sou cadeirante, jornalista, Blogueiro e Digital influencer. Ser jornalista é também contribuir com o exercício da profissão e ter na veia a responsabilidade social de levar informação e entretenimento.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze − oito =

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios