O Portal Jack Comunica não se responsabiliza pelos conteúdos publicados pelos nossos colunistas.

O Portal Jack Comunica não se responsabiliza pelos conteúdos publicados pelos nossos colunistas.

Câmara de Turismo da Costa do Cacau elege nova diretoria

Foto de Itacaré. Créditos : Daniel Meira

Primeira instância de governança institucionalizada da Bahia a ser reconhecida com certificação pelo Ministério do Turismo (MTur), a Câmara Técnica de Turismo da Costa do Cacau elegeu em videoconferência a nova diretoria para o biênio 2021/2022. A presidência foi assumida pelo novo secretário de Turismo de Itacaré, Jorge Ávila.
Instituídas pela Lei Estadual do Turismo, as câmaras técnicas reúnem participantes do poder público, de entidades da iniciativa privada e da sociedade civil com o objetivo de articular o desenvolvimento do turismo nas regiões com vocação para esta atividade.
Um dos desafios da nova gestão da câmara da Costa do Cacau, em tempos de pandemia, é promover o turismo seguro, responsável e dentro dos protocolos sanitários. A eleição foi realizada por videoconferência e contou com a participação de representantes do poder público e da iniciativa privada de diversos municípios da região. Da Secretaria de Turismo do Estado da Bahia, participou o diretor de Regulação e Certificação de Serviços Turísticos, Divaldo Borges.
Costa do Cacau – De acordo com o novo mapa do turismo brasileiro, construído pelo Ministério do Turismo com apoio da Secretaria de Turismo da Bahia, compõem a Costa do Cacau os municípios de Ilhéus, Itacaré, Maraú, Ipiaú, Una, Canavieiras, Itabuna, Uruçuca, Santa Luzia, Pau Brasil e São José da Vitória.
Situada no Sul da Bahia, esta zona turística tem seu nome ligado à tradição da lavoura cacaueira na região, que conta também com reservas de Mata Atlântica. A área concentra grandes extensões de belas praias, propícias a práticas esportivas como surf, vela, pesca, canoagem, mergulho, arvorismo e sandboard.
Entre as cidades de tradição histórica destaca-se Ilhéus, que viveu seu poderio econômico no auge da produção cacaueira e é cenário de várias obras do escritor Jorge Amado. A visita a fazendas da época áurea do cacau faz parte do roteiro turístico da região.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.