O Portal Jack Comunica não se responsabiliza pelos conteúdos publicados pelos nossos colunistas.

Aguidavi do Jêje apresenta tradição afro baiana no 7º Radioca


Grupo sobe ao palco do festival no domingo 17 mostrando tradição e músicas do seu primeiro disco

O grupo afro-percussivo Aguidavi do Jêje está confirmado para se apresentar na 7ª edição do Festival Radioca, que acontecerá nos dias 16 e 17 de dezembro na Fábrica Cultural, localizada no Largo da Ribeira, Salvador/Bahia. O Aguidavi do Jêje subirá ao palco no dia 17, a partir das 13h45, para apresentar as faixas do seu disco recém-lançado.

Originado em 2004 no quintal do Terreiro do Bogum, o Aguidavi do Jêje representa uma orquestra de atabaques onde os integrantes, criados no local desde a infância, absorveram suas primeiras lições e desenvolveram suas próprias composições ao longo dos anos. Inspirado pela comunidade e buscando contribuir para a educação das crianças do bairro, Luizinho do Jêje moldou o grupo, inicialmente focado em percussão e posteriormente incorporando elementos como violão e outros aspectos da identidade cultural baiana.

O show do Aguidavi do Jêje no Festival Radioca será uma fusão da trajetória do grupo com as faixas do mais recente álbum, “Aguidavi do Jêje”, lançado em novembro pela gravadora Rocinante. O disco, composto por sete faixas, destaca-se pelo talento percussivo e violonístico de Luizinho do Jêje, conhecido por sua colaboração com artistas como Gilberto Gil, Letieres Leite, Maria Bethânia, Daniela Mercury e Olodum.

O álbum foi gravado ao vivo no Terreiro do Bogum, coração do bairro Engenho Velho da Federação, em Salvador. O Terreiro é uma das mais antigas casas de candomblé do Brasil, preservando as tradições e subjetividades do Jêje, inclusive servindo de refúgio para os integrantes da Revolta dos Malês, em 1835, conforme a tradição oral.

Além disso, o álbum conta com a participação especial de Gilberto Gil na faixa “Violão de Cabaça”, escolhida como single de estreia. “Luizinho do Jêje é uma figura notável, e foi um prazer contribuir para o disco dele”, comenta Gilberto Gil sobre sua colaboração.

O Aguidavi do Jêje promete uma apresentação única, explosiva e envolvente, proporcionando ao público do Festival Radioca uma experiência musical rica e autêntica, conectando as raízes culturais afro-baianas à contemporaneidade.

O disco Aguidavi do Jêje:

O aguardado álbum de estreia do Aguidavi do Jêje, lançado pela Rocinante, é uma imersão sonora nas raízes culturais baianas e no candomblé da nação Jeje-Mahim. Com sete faixas, o disco gravado ao vivo no Terreiro do Bogum, em Salvador, destaca a maestria percussiva de Luizinho do Jêje e conta com colaborações notáveis, como a participação de Gilberto Gil na envolvente “Violão de Cabaça”. A faixa “Salve os Caboclos” apresenta o brilhante violão de Carlinhos Sete Cordas, enriquecendo a síntese do universo percussivo baiano com a tradição carioca. Autoral e autêntico, o álbum é uma celebração da cultura afro-brasileira, unindo tradição e inovação em composições que prometem encantar e unir audiências, celebrando as raízes espirituais do Brasil africano.

Aguidavi do Jêje:

O grupo Aguidavi do Jêje conta com 14 talentos da música baiana. A maioria a aprendeu a tocar, ainda criança, com o Luizinho: Kainã do Jêje (filho de mestre) percussionista de Caetano Veloso, Orkestra Rumpilezz e Ivete Sangalo; Tiago Nunes, que toca com a Orkestra Rumpilezz e Bel Marques; Ícaro Sá, da Orkestra Rumpilezz e BaianaSystem; Raysson Lima, que toca com Carlinhos Brown e Ivete Sangalo; Lucas Maciel, da Orkestra Rumpilezz e Baco Exu; Nem Cardoso, que participou da Timbalada e integra a Orquestra Afrosinfônica; Alan Teles, Danilo Jesus, Danilo T’challa; Enzo Xablinha; Gabriel Santana; Jadson Xabla; Jeferson Chagas; Kaique Mello; Lídio Alves; Negokiri e Paulinho Music.

Links Úteis:

  • Fotos Terreiro do Bogum > Diego Bresani > https://drive.google.com/drive/folders/1nibWLLznsvUVTXUyPeIlJNIg8_wxP6QX?usp=drive_link
  • Fotos Gilberto Gil + Luizinho do Jêje > João Atala
    https://drive.google.com/drive/folders/1G_Rz7YwUIyWnwD8gPt6OH1zqcL621Qpf?usp=drive_link
  • Mini Doc – Violão de Cabaça – https://www.youtube.com/watch?v=m3A5g2Nh-A4&feature=youtu.be

Idealizado pelo extraordinário percussionista Luizinho do Jêje, o Aguidavi do Jêje se destaca como um grupo baiano afro-percussivo enraizado nos toques de candomblé da nação Jeje-Mahin, autodenominando-se uma “ritual percussivo”. O grupo, composto por 16 músicos/ogãs, é parte do diversificado lineup do Festival Radioca, que inclui Chico César (PB), Mahmundi (RJ), Luneta Mágica (AM) e Dr. Drumah (BA). Os ingressos para o evento estão disponíveis no site da Ingressolive (www.ingressolive.com/7festivalradioca).

  • Aguidavi nas plataformas de streaming – https://bfan.link/violao-de-cabaca

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *