O Portal Jack Comunica não se responsabiliza pelos conteúdos publicados pelos nossos colunistas.

Olodum recebe embaixador da África do Sul


Na véspera do Dia da Conciencia Negra, Vusi Mavimbela visitará a Bahia

O embaixador da África do Sul no Brasil, Vusi Mavimbela, estará em Salvador na véspera do Dia da Consciência Negra, dias 18 a 22 de novembro, a convite do Olodum. Na cidade, cumprirá uma extensa agenda que inclui encontro com o governador Rui Costa, o prefeito Bruno Reis, a UFBA e UNEB, a Federação das Indústrias do Estado da Bahia e organizações dos movimentos negros, entre elas o próprio Olodum, que é o anfitrião e organizador da agenda, e o Ilê Aiyê.

Além dos encontros institucionais, Mavimbela pediu para inserir em sua agenda uma participação em ato público em homenagem a Zumbi dos Palmares, que ocorrerá na cidade com a participação do Olodum. O vice-presidente de relações institucionais do Olodum, Marcelo Gentil, que se reuniu com o embaixador no mês de outubro na embaixada do país africano, relata que o diplomata pretende, nessa viagem, estreitar as relações entre o seu país e a Bahia, que segundo ele, são os dois grandes pilares da cultura e da negritude no hemisfério Sul.

O anfitrião Olodum já homenageou a África do Sul em dois diferentes temas de Carnaval e, se apresentou no país, inclusive na Copa do Mundo Fifa em 2010, além de ter feito parte do Comitê de Recepção a Nelson Mandela, em sua primeira visita ao Brasil, logo após ser liberado da prisão em seu país, por força da sua luta contra o apartheid.

Nos anos 80 as músicas do Olodum contra o apartheid por igualdade e a liberdade de Nelson Mandela deram ao Olodum, Gravamos inclusive o hino nacional da África do Sul em LP tendo assim, um papel ativo na solidariedade ao país sul africano e recebemos nos anos 90 mais de 100 artistas sul africanos para intercâmbio com a Escola Olodum. Ao final da visita, o embaixador espera conseguir ter construído passos significativos para estreitar os laços de irmandade e cooperação entre as duas principais nações do hemisfério sul.

O embaixador pretende dialogar sobre desenvolvimento sustentável com os baianos, cooperação cientifica, educativa e cultural, estímulo ao turismo e, evidentemente, sobre a possibilidade de projetos de cunho econômico entre baianos e sul-africanos.

Ao final da visita, o embaixador espera conseguir ter construído passos significativos para estreitar os laços de irmandade e cooperação entre as duas principais nações do hemisfério sul.

“ O impossível deve ser realizado”

Nelson Mandela

Olodum 42 anos

Cultura, Igualdade, Desenvolvimento.

Jacson Gonçalves

Tenho 25 anos sou natural de Salvador, Bahia. Sou cadeirante, jornalista, Blogueiro e Digital influencer. Ser jornalista é também contribuir com o exercício da profissão e ter na veia a responsabilidade social de levar informação e entretenimento.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *